Para onde irá o dinheiro da vaquinha de Olavo?

Vaquinha de Olavo foi divulgada com entusiasmo pelos blogs pró-governo. Foto: Divulgação/Olavo de Carvalho

Vaquinha de Olavo foi divulgada com entusiasmo pelos blogs pró-governo.

Foto: Divulgação/Olavo de Carvalho

OLAVO DE CARVALHO está precisando de dinheiro. É o que publicou no Facebook na última sexta-feira (1º). O texto sobre a vaquinha é um tanto confuso:

“Acossados por uma rede internacional de caluniadores e difamadores, recebemos ainda uma cobrança monstruosa de despesas médicas e impostos, e vamos precisar DESESPERADAMENTE da ajuda dos nossos amigos. Aqui estão os canais bancários pelos quais vocês podem contribuir. Nada poderemos oferecer em retribuição exceto exemplares autografados dos meus livros e a nossa profunda gratidão. Deus abençoe a todos”.

(a publicação foi posteriormente editada, e os números de duas contas bancárias, removidos).

A linguagem é estranha. Mistura uma “rede internacional de caluniadores” a “cobranças de despesas médicas e impostos”. Não fica claro se as ‘calúnias’ resultaram em alguma despesa por processo judicial. Também não há uma meta a ser atingida nem um prazo de arrecadação, como convém a uma vaquinha oline. Mais ainda: veio com os dados de uma conta bancária de Olavo no Brasil, mas a conta nos EUA está no nome de sua esposa, Roxane.

No mesmo dia, Olavo destratou a imprensa, que apenas fez seu trabalho ao pedir uma entrevista sobre o assunto. “Um tal de Gregory, do Estadão, pediu entrevista sobre as dívidas. Respondi-lhe o seguinte: Vagabundo intrometido (…)”, diz um post. O filósofo, porém, prometeu publicar um relatório de todos os pagamentos, quando tiver quitado a totalidade das dívidas.

Apesar de conservador, Olavo não é muito prudente. Nunca comprou plano de saúde, mesmo morando nos EUA desde 2005. Conseguiu, segundo ele próprio, pagar integralmente duas casas. Em março de 2018, contou que terminara de pagar “uma conta de hospital que me cobrou uns vinte mil dólares, uns anos atrás, para me encher de morfina e me deixar largado num canto por dois dias”. A experiência não o convenceu a comprar um seguro-saúde.

O que mais chama a atenção, porém, não é a publicação de Olavo em si, mas sua enorme repercussão entre a bolsosfera – os blogs oficiosos do bolsonarismo que publicam todo tipo de notícia ‘isenta’ conforme os apetites de Carlos Bolsonaro. Alguns de seus paladinos são especialmente atentos quando o assunto é dinheiro. Desde a posse do ‘Mito’, especulam animadamente sobre a quantia necessária para lançar uma revista e até um canal de televisão. Um dos porta-vozes mais entusiasmados já fez as contas de quantas pessoas por Estado precisariam contribuir com X reais por mês para chegar a uma pequena fortuna mensal, com o nobre objetivo de bancar uma publicação que diga a ‘verdade’.

E agora esses blogs estão fervorosamente pedindo uma graninha para a vaquinha do tio Olavo.

Leia também:

Livro de Olavo de Carvalho está entre os mais vendidos na Amazon

Gostaria de ajudar A Agência? Basta você visitar este link e comprar qualquer livro que te interessar.

Para o Início