Diretor jurídico da Vale mandou preservar e-mails e arquivos

diretor jurídico da Vale

Alexandre D’Ambrosio, diretor jurídico da Vale: não é pra deletar nada.

Foto: Reprodução/Vale

O DIRETOR JURÍDICO DA VALE, Alexandre D’Ambrosio, determinou aos funcionários da mineradora no Brasil que preservem “todos os e-mails, documentos e arquivos de qualquer espécie”. A declaração está em vídeo da própria empresa, publicado na tarde de terça (29).

A comunicação de D’Ambrosio aos funcionários foi feita após o rompimento da barragem em Brumadinho, mas no vídeo não está claro se isso ocorreu já na sexta (25), dia do rompimento, ou depois.

“Uma das primeiras providências que tomei após o rompimento foi o envio de uma comunicação a todos os empregados da empresa no Brasil determinando que sejam preservados todos os e-mails, documentos e arquivos de qualquer espécie.

Reitero que nossa orientação é e sempre foi de colaboração total e irrestrita de todos os empregados da Vale com as autoridades.”

Passados três anos do rompimento da barragem em Mariana, que matou 19 pessoas, ninguém foi responsabilizado. E a Samarco, metade da qual pertence à Vale, pagou menos de 6% das multas impostas.

Assista abaixo ao vídeo do diretor jurídico da Vale na íntegra:

Gostaria de ajudar A Agência? Basta você visitar este link e comprar qualquer livro que te interessar.

Para o Início