Eduardo Bolsonaro disse que atribuíram-lhe uma declaração falsa, mas um registro em áudio o desmentiu

Foto: Paola De Orte / Agência Brasil
Foto: Paola De Orte / Agência Brasil

O Estadão havia noticiado que, num encontro com investidores estrangeiros, Eduardo Bolsonaro admitira que o governo “talvez não consiga” aprovar a reforma previdenciária no Congresso. A fala abalou o Mercado, que tem na pauta um ponto crucial para que o Brasil seja encarado como minimamente viável.

Percebendo o estrago, o filho de Jair Bolsonaro correu para as redes sociais alegando que tinham atribuído a ele uma declaração falsa. E disse estar convencido de que a reforma passaria.

Screenshot: Twitter.

Screenshot: Twitter.

Mas Eduardo Bolsonaro talvez não imaginasse que havia um registro em áudio da declaração, feita em inglês. Que o Estadão não fez questão de esconder, desmentindo em tempo viável a desinformação espalhada pelo herdeiro do presidente eleito.

No encontro organizado pelo Brazil-US Business Council, o parlamentar fez um discurso para passar uma perspectiva otimista sobre o País no próximo governo, mas admitiu a dificuldade no que classificou como uma das prioridades do governo. Ouça o áudio abaixo:

Ouça áudio em que Eduardo Bolsonaro diz que governo ‘talvez não consiga’ aprovar Previdência

Chega a ser deprimente que a família Bolsonaro se porte dessa forma. O clã cresce sempre que o sistema falha. Tem sido assim por toda a década. E o sistema falha muito. Portanto, não é necessário forçar situações contra a imagem de uma imprensa já tão descreditada.

Havia margem para um reposicionamento mais honesto. Afinal, o principal cargo do parlamentar no governo de transição é o de filho do eleito. Portanto, um pouco distante da posição que o permitiria falar em nome de agenda tão complexa.

Curta a página de A Agência no Facebook.

Para o Início