Ingresso na OCDE e Otan enterra papo contra ‘globalismo’

Bolsonaro na Casa Branca: adesão do Brasil à OCDE e participação na Otan são aposta no globalismo. Foto: Alan Santos/PR

Bolsonaro na Casa Branca: adesão do Brasil à OCDE e participação na Otan são apostas no globalismo.

Foto: Alan Santos/PR

A POLÍTICA EXTERNA BRASILEIRA vive uma espécie de momento Carlos Bolsonaro: assobiar e chupar cana ao mesmo tempo.

O apoio de Donald Trump para o ingresso do Brasil na OCDE e participação como Aliado Prioritário Extra-Otan pode render muitos benefícios para o Brasil.

Mas a entrada em ambos os clubes representa uma aposta inequívoca na maior, e não menor, participação em organizações internacionais multilaterais. A sede da OCDE é em Paris e a da Otan é em Bruxelas.

A turminha do Deus vult agora que se vire para explicar a virada ao globalismo.

Gostaria de ajudar A Agência? Contribua com o financiamento coletivo (crowdfunding) do projeto.

Para o Início