O Leite em Pó Derramado de Schrödinger

O leite em pó vai ficar mais barato ou não? Segundo o Presidente, ainda não sabemos. Foto: Burst/Pexels

O leite em pó vai ficar mais barato ou não? Segundo o Presidente, ainda não sabemos.

Foto: Burst/Pexels

JAIR BOLSONARO PRECISA APRENDER a se comunicar. Ou a se decidir. Aliás, ambos.

Na tarde desta segunda (11), a coluna Radar, de VEJA, publicou a nota Bolsonaro determina a Guedes voltar com taxa antidumping do leite em pó.

Segundo o texto, o presidente determinou ao ministro Paulo Guedes “que seja cancelada a suspensão da taxa de antidumping para a importação do leite em pó, integral ou desnatado oriundo da União Europeia e da Nova Zelândia”. A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, “entrou na discussão e saiu vitoriosa”.

O jornal O Globo deu a mesma história, acrescentando que a taxa é de 14%: “[a]gora, o Ministério da Economia está estudando como retomar a taxa antidumping, já que o Brasil pode até ser punido se tomar medidas protecionistas sem justificativa”.

O que fez Bolsonaro?

No fim da tarde de segunda, citou a nota do Radar, comentando apenas: ” Mais uma canalhice do @radaronline”. Não disse que é mentira, nem qual parte do texto é mentira: o presidente nunca deu a ordem? Guedes agiu sozinho? Etc.

Nesta terça (12), voltou ao tema, mais uma vez de forma obscura, com uma imagem com texto assinado por ele, mas foto da ministra Tereza Cristina:

A mensagem é tão obscura que até a bolsosfera – a “imprensa” amiga do Presidente – está cobrando explicações nos comentários a esse tweet.

Bolsonaro criou a taxa de Schrödinger. Não confirma, nem nega. Só “mita” nas redes sociais.

Gostaria de ajudar A Agência? Contribua com o financiamento coletivo (crowdfunding) do projeto.

Para o Início