Bannon assiste a filme de Olavo no Trump Hotel

Bannon (à direita), com Olavo e o diretor Teófilo: a 1 quilômetro da Casa Branca. Foto: Josias Teófilo/Twitter

Bannon (à direita), com Olavo e o diretor Teófilo: a um quilômetro da Casa Branca.

Foto: Josias Téofilo/Twitter

O FILÓSOFO OLAVO de Carvalho, o ativista Steve Bannon e o cineasta Josias Téofilo compareceram a uma exibição do documentário O Jardim das Aflições na noite deste sábado (16), em Washington. Téofilo dirigiu o filme, que tem por objeto o pensamento de Olavo.

A fita foi exibida no Trump International Hotel, a um quilômetro da Casa Branca. O convite para o evento era assinado pelo próprio Bannon e pelo investidor Gerald Brant, filho de mãe americana e pai brasileiro. Brant foi cicerone da viagem de Bolsonaro aos EUA em novembro de 2017, quando o então deputado federal era um pré-candidato. É amigo de longa data do hoje senador Flavio Bolsonaro (PSL-RJ).

No mês passado, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) encontrou-se com Bannon em outro endereço ligado a Trump, o resort Mar-a-Lago, na Flórida.

Co-fundador do site Breitbart, Bannon foi chefe da campanha de Donald Trump à Presidência em 2016. Ele serviu por sete meses como estrategista-chefe da Casa Branca, até sair em agosto de 2017 – oficialmente, de comum acordo. Dois meses depois, o Washington Post publicou que Trump e Bannon ainda conversavam várias vezes por semana.

Leia também:

Brasil troca Foro de São Paulo por ‘Trump 2020’

Filme do Bonifácio é fraco, mas ganhou uma triste razão para ser assistido

Cadastre-se para receber atualizações de A Agência por e-mail ou Whatsapp.

Para o Início