Secretário de Meio Ambiente de MG esteve em evento de homenagem à Vale

O secretário Gomes Vieira: reconhecimento de marcas incluiu homenagem à Vale. Foto: Filipe Augusto/Revista DeFato

O secretário Gomes Vieira: reconhecimento de marcas incluiu homenagem à Vale.

Foto: Filipe Augusto/Revista DeFato

O SECRETÁRIO DE MEIO AMBIENTE de Minas Gerais, Germano Luiz Gomes Vieira, esteve no mês passado em evento que incluiu homenagem à Vale. A revista DeFato, sediada em Itabira, celebrou em 19 de dezembro a terceira edição do “Marcas mais Lembradas”, que confere certificados a negócios locais.

Fotografias no site da revista permitem ver que Gomes Vieira entregou certificados a representantes de várias empresas, como a Academia Impacto, o açouge Boi Gordo e a loja Natália Veículos. Conforme a DeFato, Vieira estava “representando Minas Gerais”. Seu secretário-adjunto, Anderson Aguilar, também compareceu.

Gomes Vieira é secretário do Meio Ambiente desde novembro de 2017, indicado ainda por Fernando Pimentel (PT). Cinco dias depois da festa de gala em Itabira, Romeu Zema (NOVO) anunciou que o manteria no cargo.

Atenção para o discurso do secretário, segundo a revista:

“Em seu discurso, o secretário [Gomes Vieira] destacou a importância do evento em promover um momento de reconhecimento das marcas que mais repercutiram na melhoria da comunidade.

Além da cerimônia, o secretário também fez um balanço sobre a atuação da secretaria em Minas e falou dos desafios vividos no processo de desburocratização dos processos que envolvem o licenciamento ambiental. “Diversos empreendimentos que estavam parados por falta de licenciamento ambiental foram restabelecidos. É possível conciliar o desenvolvimento econômico com a inclusão social, através da geração de renda, e a preservação ambiental. Diferente dos que as pessoas pensam, licenciar não é uma autorização para poluir, e sim uma forma de controle e regras”, explica.”

A maior homenageada da noite foi a itabirana Vale, que recebeu um certificado na categoria “Desenvolvimento Econômico Regional”. Nesse caso, porém, o diploma foi entregue pela diretora-geral do grupo DeFato, Kelly Eleto, que aparece na foto com Rodrigo Chaves, gerente executivo da Vale para operações das minas de Itabira e Rio Piracicaba.

Rodrigo Chaves, da Vale; e Kelly Eleto, da revista DeFato: homenagem em Itabira. Foto: Filipe Augusto/Revista DeFato

As fotografias permitem ver que Chaves foi o único representante de empresa homenageada a fazer um discurso naquela noite. Segundo a revista, o executivo disse que a Vale planeja para Itabira “um novo modelo de mineração”, já que a própria empresa prevê que suas minas de ferro na região se esgotem até 2028.

Quando a gente vai mundo afora, a Vale, para o chinês ou para o japonês, é uma marca itabirana. É uma marca brasileira que está vencendo no exterior”, continuou Rodrigo Chaves, que finalizou: “Nosso objetivo é continuar em Itabira, continuar sendo uma marca itabirana, produzindo em Itabira.”

Neste sábado (26), o ditador da China, Xi Jinping, se disse chocado com as imagens da devastação causada pela rompimento da barragem de Brumadinho.

Gostaria de ajudar A Agência? Contribua com o financiamento coletivo (crowdfunding) do projeto.

Para o Início