‘JN’ dá uma forcinha a Moro com vídeo de PM em lanchonete

'JN' ajudou o ministro Moro a ilustrar o argumento de que o povo 'não aguenta mais'. Foto: Reprodução/TV Globo

‘JN’ ajudou o ministro Moro a ilustrar o argumento de que o povo ‘não aguenta mais’.

Foto: Reprodução/TV Globo

“AGORA VOCÊ POR FAVOR prepare o seu estômago”, anunciou William Bonner no Jornal Nacional desta quinta-feira (21). “Porque a gente vai mostrar cenas que foram registradas numa lanchonete do Rio de Janeiro”.

As imagens mostram o cabo da PM Augusto Cesar Lima Santana chegando a uma lanchonete de arma na mão e cometendo todo tipo de violência. Tudo porque um dos sanduíches que pediu pelo celular foi entregue errado. “Ele queria sem molho”, anunciou Bonner, olhando para a câmera. O agressor fora preso naquela manhã.

O vídeo do JN teve alguma repercussão na internet, mas a inclusão dele no telejornal chama a atenção. Não parece ter qualquer repercussão nacional, e, num país de mais de 60 000 homicídios por ano, uma série de crimes horríveis, mas sem morte, parece menor.

Fora do mundo dos vídeos individuais da internet e no contexto do programa a coisa muda de figura. A notícia foi ar imediatamente depois de Pacote anticrime provoca atrito entre Moro e Maia. Essa reportagem levou ao ar a mensagem de aúdio de Moro na qual o ministro diz: “Talvez alguns entendam que o combate ao crime pode ser adiado indefinidamente, mas o povo brasileiro não aguenta mais”.

Leia também:

Relembre: Aécio disse a Joesley ter nomeado presidente da Vale

Gostaria de ajudar A Agência? Contribua com o financiamento coletivo (crowdfunding) do projeto.

Para o Início