Para quê “um soldado e um cabo” se existe Luiz Fux?

Luiz Fux é bom de 'downsizing' e já faz trabalho de duas pessoas: um cabo e um soldado. Foto: STF

Luiz Fux é bom de ‘downsizing’ e já faz o trabalho de duas pessoas: um soldado e um cabo.

Foto: STF

EM JULHO DE 2018, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) afirmou que bastariam “um soldado e um cabo” para fechar o STF.

Falava por hipótese, respondendo a uma pergunta infeliz sobre a possibilidade de o Supremo impedir a posse de Jair Bolsonaro como Presidente. Foi uma resposta ruim para uma pergunta péssima.

Nesta quinta-feira (17), contudo, a realidade mostrou que o contingente necessário é ainda menor do que se supunha. O ministro de plantão Luiz Fux suspendeu as investigações sobre as movimentações financeiras suspeitas de Fabrício Queiroz. O diagnóstico acontece porque o deputado estadual Flávio Bolsonaro, ex-chefe de Queiroz, foi eleito senador e assume mês que vem. É uma ideia maluca que só pode ser diagnosticada como notificação precoce.

Fale com seu médico, Fux. Porque o Queiroz não vai falar…

Leia também:

Não há boletins médicos sobre a cirurgia de Fabrício Queiroz

A estranha mudança de postura de Luiz Fux sobre Cesare Battisti

Cadastre-se para receber atualizações de A Agência por e-mail ou Whatsapp.

Para o Início