EUA importam 30% menos petróleo da Venezuela do que há 5 anos

Cada vez menos os americanos compram petróleo da Venezuela. Foto: CC0 License/Pixabay

Cada vez menos os americanos compram petróleo da Venezuela.

Foto: CC0 License/Pixabay

AS IMPORTAÇÕES AMERICANAS de petróleo da Venezuela caíram 30% entre 2012 e 2017, último ano com dados disponíveis. As informações são da Administração de Informações de Energia, uma agência do governo dos Estados Unidos.

Em 2012, os EUA importaram 351,2 milhões de barris de petróleo do país de Hugo Chávez. Em 2017, foram apenas 245,9 milhões.

O número ainda foi um pouco maior do que o comprado do Iraque (220 milhões), mas está atrás da Árabia Saudita (348 milhões) e muito atrás do principal fornecedor, o Canadá (1,4 bilhão). Mesmo a Colômbia (132 milhões) e o Brasil (81 milhões) aparecem como fornecedores relevantes.

Os números levam em conta o “total de óleo bruto e produtos derivados”, como gases naturais, liquefeitos e gasolina.

Como um todo, as importações de petróleo por parte dos Estados Unidos vêm caindo desde 2007, como mostra reportagem da Bloomberg. Em dezembro de 2018, o país se declarou exportador líquido de petróleo pela primeira vez em 75 anos, ou seja, passou a vender mais óleo do que compra. O Brasil está entre os 20 principais mercados.

Leia mais:

Pence pede à América Latina sanções contra Maduro

Venezuela é maior desastre econômico da história moderna, diz ‘Washington Post’

Curta a página de A Agência no Facebook.

Para o Início