Alckmin age para manter Aécio no PSDB

Alckmin: depois da derrota em 2018, mais decisões erradas. Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Alckmin: depois da derrota em 2018, mais decisões erradas.

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

O PRESIDENTE NACIONAL do PSDB, Geraldo Alckmin, age para manter Aécio Neves dentro do partido.

Em reunião na quarta-feira (20), em Brasília, a executiva nacional dos tucanos decidiu arquivar todos os pedidos de expulsão. O pedido para expulsar Aécio fora protocolado pelo hoje vice-governador do Acre, Major Rocha.

Três ex-governadores tucanos foram presos recentemente: Beto Richa (Paraná), Marconi Perillo (Goiás) e Eduardo Azeredo (Minas Gerais). Apenas o terceiro foi condenado em segunda instância e permanece preso. Nenhum deles foi expulso do PSDB.

Em abril de 2012, o DEM abriu processo para expulsar o então senador Demóstenes Torres. Após passar por maus bocados, hoje o partido comanda as duas casas do Congresso e três ministérios. Fica a dica.

Leia também:

Aécio Neves vai seguindo trajetória de Eduardo Azeredo

Aécio Neves falta à própria diplomação em BH

Siga A Agência no Twitter, Instagram e LinkedIn.

Para o Início