“Não acompanho Escola sem Partido”, disse Weintraub em dezembro

Abraham Weintraub, o novo ministro da Educação: "sou a favor da total liberdade de informação".

Abraham Weintraub, o novo ministro da Educação: “sou a favor da total liberdade de informação”.

Foto: Rafael Carvalho/Divulgação Casa Civil

EM ENTREVISTA em Foz do Iguaçu (PR) dada em dezembro de 2018, Abraham Weintraub disse não acompanhar o Escola sem Partido, mas combater o marxismo nas universidades.

A conversa foi na Cúpula Conservadora das Américas, depois da eleição e antes de o professor entrar para a Casa Civil no governo Bolsonaro.

Nesta segunda-feira (8), ele foi anunciado como novo ministro da Educação, após a curta e desastrosa passagem de Ricardo Vélez.

Assista a um trecho da entrevista, gravada em dezembro:

Leia também:

No MEC, Vélez Rodríguez indica gente como ele: sem experiência

Olavo pede a alunos dele que saiam do governo

Após expurgo, olavetes culpam militares por vídeos do Hino

Em 4ª versão da história, expurgo no MEC ‘nunca existiu’

Autor de ‘Pare de Acreditar no Governo’ é exonerado do MEC

Gostaria de ajudar A Agência? Contribua com o financiamento coletivo (crowdfunding) do projeto.

Para o Início